21092017luis-filme-quando-os-dias-eram-eternos

A 17ª edição da Goiânia Mostra Curtas exibirá 94 filmes

Gêneros de ficção e animação representam a maioria entre as mais de 90 produções que serão exibidas no festival

Redação/Hourpress

A 17ª edição da Goiânia Mostra Curtas vai exibir 94 filmes, em cinco mostras competitivas e uma mostra especial não competitiva durante o festival, realizado entre os dias 3 e 8 de outubro, no Teatro Goiânia. O público poderá conferir, gratuitamente, produções audiovisuais de 20 estados brasileiros, de todos os gêneros: para as mostras competitivas foram selecionados 36 filmes de ficção, 21 animações, 20 documentários e três experimentais. Para o evento deste ano, houve mais de 1,2 mil filmes enviados à curadoria.

 

Segundo a diretora geral do festival, Maria Abdalla, “chegar à 17ª Goiânia Mostra Curtas com este número de inscrições e filmes de notória qualidade é um espelho da força que o audiovisual nacional tem conquistado. Da ótica de um festival que acompanha esse movimento há quase duas décadas, é significativo perceber como as políticas públicas e projetos de difusão e formação têm impactado a área. Os filmes selecionados correspondem a um panorama atual da produção audiovisual nacional em curta-metragem, contemplando formatos e gêneros diversos, de todas as regiões brasileiras”.

 

Além da exibição cinematográfica, a 17ª Goiânia Mostra Curtas oferece atividades de formação gratuitas para profissionais e interessados em atuar na área audiovisual, como as oficinas, cujas inscrições estão abertas até 15 de setembro.

 

O festival conta com o patrocínio da Rodonaves Transportes através da Lei Goyazes e do SESI – Conselho Nacional, apoio institucional da Universidade Federal de Goiás, do Ministério da Cultura por meio da Secretaria do Audiovisual, apoio da Saneago e da Unimed Goiânia e é realizada pelo Icumam, que continua em busca de outros parceiros junto a empresas e organizações do terceiro setor.

 

Mostras

São cinco mostras competitivas na programação – a maior, a Curta Mostra Brasil, conta com 40 filmes de 18 estados. Entre a seleção, que apresenta um panorama atual da produção nacional em curta-metragem, há duas obras goianas, Intervenção, dirigida por Isaac Brum, e Meu nome é Coraci, de Adan Sousa. A curadoria é assinada pela diretora do festival, Maria Abdalla.

Com o objetivo de valorizar a produção nacional de curtas-metragens de animação, a Curta Mostra Animação, inédita na Goiânia Mostra Curtas, traz 15 representantes de nove estados, selecionados pelo curador, roteirista e animador César Cabral. Há, também, espaço reservado no festival para 13 filmes goianos: a Curta Mostra Goiás visa apresentar a produção local em franco crescimento, sob seleção de Pedro Maciel – responsável pela escolha, também, das duas obras goianas que integram a Curta Mostra Brasil.

O público infantil tem, na Mostrinha, sua vez. Serão exibidos seis filmes, de cinco estados diferentes, com intuito de promover diversão e educação na sala de cinema, com crivo da curadora e professora do curso de Cinema e Audiovisual da UEG Geórgia Cynara. Para a Curta Mostra Cinema nos Bairros, também competitiva, a curadora Maria Abdalla também selecionou seis filmes de cinco estados que serão exibidos em bairros de Goiânia.

Já a Curta Mostra Especial – Os Índios e o Cinema, diferente das demais, não é competitiva. Nesse espaço, serão apresentados 12 filmes convidados de sete estados, cuja lista será divulgada em breve, com curadoria da atriz, diretora e escritora Rita Carelli.

 

BALANÇO DAS SELEÇÕES

Total de filmes: 94 filmes de 20 estados brasileiros

Mostras competitivas (80)

Mostra Especial (12)

Abertura e Encerramento (02)

Total de filmes exibidos na 17ª GMC = 94 curtas

Mostras Competitivas (Brasil, Goiás, Animação, 16ª Mostrinha e Bairros): 80 (Alguns filmes são exibidos em mais de uma mostra.)

 

Mostras Competitivas por gênero:

Ficção: 36 | Animação: 21 | Documentário: 20 | Experimental: 03

Curta Mostra Brasil

– 40 filmes

– 18 estados diferentes

Curta Mostra Animação

– 15 filmes

– 9 estados diferentes

Curta Mostra Goiás

– 13 filmes goianos

16ª Mostrinha

– 6 filmes

– 5 estados diferentes

Curta Mostra Cinema nos Bairros

– 6 filmes

– 5 estados diferentes

Curta Mostra Especial (não competitiva)

– 12 filmes

– 7 estados diferentes

Mostras Competitivas | Representação por Estado:

AC: 01, AM: 01, AL: 01, BA: 01, CE: 02, DF: 01, ES: 02, GO: 17 (1o Lugar), MA: 01, MG: 04, MS: 01, MT: 01, PB:01, PE: 07 (3o Lugar), PR: 05, RJ: 12 (2o Lugar), RS: 01, SC: 03, SP: 12 (2o Lugar)

Total de Estados: 19  (são 20 contando com Mostra Especial não competitiva)

 

 Filmes Selecionados

 

Seleção Oficial – 17ª Goiânia Mostra Curtas

CURTA MOSTRA BRASIL

A Canção do Asfalto (PR) – 2017 – fic – 16 min. Direção: Pedro Giongo

A Passagem do Cometa (SP) – 2017 – fic – 20 min. Direção: Juliana Rojas

Aquela Estrada (AM) – 2016 – fic – 15 min. Direção: Rafael Ramos

As Melhores Noites de Veroni (AL) – 2017 – fic – 16 min. Direção: Ulisses Arthur

Balada Para os Mortos (MA) – 2016 – fic – 22 min. Direção: Lucas Sá

Balança Brasil (MG) – 2017 – doc – 25 min. Direção: Carlos Segundo

Baunilha (PE) – 2017 – doc – 13 min. Direção: Leo Tabosa

Casca de Baobá (RJ) – 2017 – fic – 12 min. Direção: Mariana Luiza

De Tanto Olhar o Céu Gastei Meus Olhos (MS) – 2017 – fic – 25 min. Direção: Nathália Tereza

Demônia – Melodrama em 3 Atos (SP) – 2016 – fic – 17 min. Direção: Cainan Baladez e Fernanda Chicolet

Demônios de Virgínia (RS) – 2017 – fic – 20 min. Direção: Gabriela Richter Lamas

Deusa (SP) – 2016 – fic – 18 min. Direção: Bruna Callegari

Em Busca da Terra Sem Males (RJ) – 2017 – doc – 15 min. Direção: Anna Azevedo

Estás Vendo Coisas (PE) – 2017 – doc – 18 min. Direção: Bárbara Wagner e Benjamin de Burca

Festejo Muito Pessoal (SP) – 2016 – exp – 9 min. Direção: Carlos Adriano

Filhos da Lua na Terra do Sol (MT) – 2016 – doc – 15 min. Direção: Danielle Bertolini

Filme-Catástrofe (SP) – 2017 – fic – 18 min. Direção: Gustavo Vinagre

Flecha Dourada (SC) – 2017 – doc – 15 min. Direção: Cíntia Domit Bittar

Inocentes (RJ) – 2017 – exp – 18 min. Direção: Douglas Soares

Intervenção (GO) – 2017 – fic – 17 min. Direção: Isaac Brum Souza

Kappa Crucis (MG) – 2016 – doc – 22 min. Direção: João Borges

Meninas Formicida (SP) – 2017 – fic – 12 min. Direção: João Paulo Miranda Maria

Meu Nome é Coraci (GO) – 2017 – doc – 11 min. Direção: Adan Sousa

Minha Única Terra é Na Lua (SP) – 2017 – fic – 19 min. Direção: Sérgio Silva

Nunca É Noite no Mapa (PE) – 2016 – doc – 7min. Direção: Ernesto de Carvalho

O Estacionamento (PR) – 2016 – fic – 16 min. Direção: William Biagioli

O Olho do Cão (RJ) – 2017 – fic – 20 min. Direção: Samuel Lôbo

O Peixe (PE) – 2016 – doc – 23 min. Direção: Jonathas de Andrade

O Porteiro do Dia (PE) – 2016 – fic – 25 min. Direção: Fábio Leal

O Quebra Cabeça de Sara (RJ) – 2017 – doc – 10 min. Direção: Allan Ribeiro

Obra Autorizada (BA) – 2016 – doc – 16min. Direção: Iago Cordeiro Ribeiro

Quando Os Dias Eram Eternos (SP) – 2016 – ani – 13 min. Direção: Marcus Vinícius Vasconcelos

Quarto Para Alugar (PE) – 2016 – fic – 20 min. Direção: Enock Carvalho e Matheus Farias

Stanley (PB) – 2016 – fic – 19 min. Direção: Paulo Roberto

Tekoha – Som da Terra (DF) – 2017 – doc – 20 min. Direção: Rodrigo Arajeju e Valdelice Veron

Território do Desprazer (ES) – 2017 – doc – 18 min. Direção: Maira Tristão e Mirela Marin

Vaca Profana (SP) – 2017 – fic – 16 min. Direção: René Guerra

Valentina (RJ) – 2016 – fic – 17 min. Direção: Estevão Meneguzzo e André Félix

Vando Vulgo Vedita (CE) – 2017 – fic – 20 min. Direção: Andreia pires e Leonardo Mouramateus

Vênus – Filó a Fadinha Lésbica (MG) – 2017 – ani – 6 min. Direção: Sávio Leite

 

CURTA MOSTRA GOIÁS

Algo do Que Fica (GO) – 2017 – fic – 23 min. Direção: Benedito Ferreira

Havia Cinzas Dentro de Mim (GO) – 2017 – fic – 20 min. Direção: Daniel Calil

Intervenção (GO) – 2017 – fic – 17 min. Direção: Isaac Brum Souza

Intocável (GO) – 2017 – fic – 17 min. Direção: Matheus Medeiros

João de Barro (GO) – 2017 – fic – 23 min. Direção: Absair Weston

Leblon Marista (GO) – 2016 – doc – 10 min. Direção: Fabrício Cordeiro e Luciano Evangelista

Meu Nome é Coraci (GO) – 2017 – doc – 11 min. Direção: Adan Sousa

Netuno (GO) – 2017 – fic – 17 min. Direção: Daniel Nolasco

O Fim da História (GO) – 2016 – fic – 10 min. Direção: Richardson Leão

Passagem (GO) – 2016 – fic – 25 min. Direção: Thomaz Magalhães e Ernesto Rheinboldt

Real Conquista (GO) – 2017 – doc – 14 min. Direção: Fabiana Assis

Silêncio Não se Escuta (GO) – 2016 – exp – 10 min. Direção: Rochane Torres

Um Garoto Chamado Suzy (GO) – 2017 – fic – 22 min. Direção: Gabriel Newton e Felipe Sousa

 

CURTA MOSTRA ANIMAÇÃO

Reanimando o Kaiser (RJ) – 2013 – ani – 3 min. Direção: Eduardo Calvet
(exibição não competitiva em comemoração ao centenário da animação brasileira)

A Noiva do Coelhinho (GO) – 2016 – ani – 11 min. Direção: Rafael Franco

Fome (GO) – 2017 – ani – 2 min. Direção: Rildo Farias de Sousa

Mãos (SP) – 2017 – ani – 1 min. Direção: Ivanildo Soares

Metempsicoses (AC) – 2017 – ani – 2 min. Direção: Italo Rocha e Marcelo Zuza

O Ex-Mágico (PE) – 2016 – ani – 11 min. Direção: Olímpio Costa e Maurício Nunes

O Mal (PR) – 2016 – ani – 2 min. Direção: Carlon Hardt

O Projeto do Meu Pai (ES) – 2016 – ani – 6 min. Direção: Rosaria

O Último Engolervilha II (RJ) – 2016 – ani – 13 min. Direção: Marão, Jackson Abacatu, Wesley Rodrigues, Luah Garcia, Pamella Araújo, Camila Kauling, Guto BR, Rüsben, Ianah Maia, Giovanna Guimarães, Jirair Garabedian, Yurii Custodio, Rosana Urbes e Maurício Castaño

O Violeiro Fantasma (GO) – 2017 – ani – 7 min. Direção: Wesley Rodrigues

Oceano (SP) – 2016 – ani – 15 min. Direção: Renato Duque

Plantae (RJ) – 2017 – ani – 10 min. Direção: Guilherme Gehr

Pulsões (SC) – 2017 – ani – 6 min. Direção: Yannet Briggiler

Quando Os Dias Eram Eternos (SP) – 2016 – ani – 13 min. Direção: Marcus Vinícius Vasconcelos

Tango (PR) – 2016 – ani – 12 min. Direção: Francisco Gusso e Pedro Giongo

Vênus – Filó a Fadinha Lésbica (MG) – 2017 – ani – 6 min. Direção: Sávio Leite

 

CURTA MOSTRA ESPECIAL – OS ÍNDIOS E O CINEMA

A História do Monstro Khatpy (MT) – 2009 – fic – 5min. Direção: Coletivo Kisêdjê de Cinema 

Cordilheira de Amora II (BA) – 2015 – doc – 12min. Direção: Jamille Fortunato

Huni Meka, os Cantos do Cipó (AC) – 2006 – doc – 25min. Direção: Josias Maná Kaxinawá e Tadeu Siã Kaxinawá 

Índios no Poder (DF) – 2015 – doc – 21min. Direção: Rodrigo Arajeju

Konãgxeka: O Dilúvio Maxakali (MG) – 2016 – ani – 13min. Direção: Isael Maxacali e Charles Bicalho

No Caminho com Mário (PE) – 2014 – doc – 21min. Direção: Coletivo Mbya-Guarani de Cinema

No Tempo do Verão (AC) – 2012 – doc – 22min. Direção: Wewito Piyâko

Porcos Raivosos (PE) – 2012 – fic – 10min. Direção: Isabel Penoni e Leonardo Sette

Prîara Jõ, Depois do Ovo, a Guerra (PE) – 2008 – doc – 15min. Direção: Komoi Panará

Xupapoynãg (MG) – 2012 – doc – 15min. Direção: Isael Maxakali

Yvy Katu – Terra Sagrada (MS) – 2007 – doc – 20min. Direção: Eduardo Duwe

Zahy – Uma Fábula do Maracanã (RJ) – 2012 – exp – 5min. Direção: Felipe Bragança

 

16ª MOSTRINHA

Caleidoscópio (CE) – 2016 – fic – 18 min. Direção: Natal Portela

Garoto VHS (SC)  – 2016 – fic– 19 min. Direção: Carlos Daniel Reichel

O Fim da Fila (RJ) – 2016 – ani – 3 min. Direção: William Côgo

O Violeiro Fantasma (GO) – 2017 – ani – 7 min. Direção: Wesley Rodrigues

Pai aos 15 (PR) – 2016 – fic – 16 min. Direção: Danilo Custódio

 

CURTA MOSTRA CINEMA NOS BAIRROS
A Piscina de Caíque (GO) – 2017 – fic – 15’ min. Dir.: Raphael Gustavo da Silva

Caleidoscópio (CE) – 2016 – fic – 18 min. Dir.: Natal Portela

Em Busca da Terra Sem Males (RJ) – 2017 – doc – 15 min. Direção: Anna Azevedo

Garoto VHS (SC)  – 2016 – fic – 19 min. Direção: Carlos Daniel Reichel

Nimbus, o Caçador de Nuvens (MG) – 2016 – ani – 16 min. Direção: Marco Nick

O Violeiro Fantasma (GO) – 2017 – Ani – 7 min. Direção: Wesley Rodrigues

Tailor (RJ) – 2017 – doc – 10 min. Direção: Calí dos Anjos

SERVIÇO

17ª Goiânia Mostra Curtas
Data: de 3 a 8 de outubro
Local: Teatro Goiânia – Avenida Tocantins, com rua 23, nº 252, Setor Central
Entrada franca

 

Deixe uma resposta