09102017luis-agua-limpa

Dubai Future Accelerators lança terceira edição

Encontrar soluções eficazes para os desafios enfrentados para o futuro do planeta

Hourpress/PRNewswire

Quarenta e seis (46) empresas de todo o mundo, nove delas dos EAU, participarão da terceira edição do programa Dubai Future Accelerators (DFA). O número de empresas participantes quase dobrou desde o início do DFA, em setembro do ano passado.

O DFA, um programa de acelerador especial patrocinado pelo governo é uma iniciativa da Dubai Future Foundation e recebeu mais de 1.000 inscrições para esta edição. Os inscritos apresentaram uma grande variedade de ideias inovadoras que buscam definir o futuro dos principais setores, encontrar soluções eficazes para os desafios enfrentados para o futuro do planeta, transformando-as em oportunidades para um desenvolvimento sustentável e, em última instância, criando uma vida melhor para as gerações futuras.

A Emirates Airline uniu-se ao programa para ajudar a identificar os desafios mais urgentes enfrentados pelo setor de aviação e para desenvolver soluções que transformem esses desafios em oportunidades que apoiem a sustentabilidade do setor em longo prazo.

Khalfan Belhoul, CEO do Dubai Future Accelerators, disse: “O programa é a plataforma ideal para prever e planejar o futuro, pois reúne as mentes mais brilhantes e as empresas mais inovadoras do mundo para enfrentar, junto com entidades do governo nos EAU, os desafios nos principais setores, utilizando tecnologias de ponta. Estamos orgulhosos em ver empresas locais entre os participantes; isso reforça o imenso avanço que o setor de tecnologia local obteve e o coloca no mesmo nível dos principais concorrentes em âmbito mundial.”

O DFA recebeu muitas inscrições dos EAU e aceitou nove empresas para o programa, transformando os EAU no segundo maior grupo de candidatos entre todas as empresas participantes e dobrando a porcentagem de empresas dos EAU da edição anterior. Os EUA ficaram em primeiro lugar com 10 empresas, o Reino Unido empatou com os EAU com nove participantes, seguido pela Áustria com quatro empresas, Canadá, com três, duas empresas da Nova Zelândia, duas de Cingapura e uma empresa da China, Alemanha, Hungria, Líbano, África do Sul, Espanha, Coreia do Sul e Holanda.

O programa “Humanitarian Accelerators” do DFA assinou um acordo com a Dubai Cares e trabalhará com três empresas: duas dos EAU e uma dos EUA. O programa é a primeira iniciativa desse tipo no mundo árabe a conectar start-ups e empresas estabelecidas com o setor humanitário para enfrentar desafios sociais, culturais e ambientais na região árabe.

A primeira e a segunda edições do programa Accelerators recebeu mais de 4.000 inscrições de projetos para solucionar desafios estratégicos nos principais setores. Na primeira fase do programa, foram assinados 19 Memorandos de Entendimento e com o aumento de 27% no segundo ciclo, foram assinados 28 MoUs.

Deixe uma resposta