09062017luis-tatiana-feltrin

Youtubers e booktubers são atrações na Feira do Livro

No Theatro Pedro II, os youtubers Frederico Elboni e Gabriel Dearo se encontraram para uma conversa sobre a importância do canal youtube nos dias de hoje

Redação

Abrindo espaço para o debate sobre as transformações na comunicação diante dos efeitos da internet, a 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto promoveu nesta quinta-feira (8) salões de ideias com a presença dos youtubers Frederico Elboni e Gabriel Dearo e das booktubers Tatiana Feltrin e Gabriela Pedrão. As atividades contaram com grande participação do público jovem e foram realizadas em parceria com a Unaerp (Universidade de Ribeirão Preto) e o Sesc.

No Theatro Pedro II, os youtubers Frederico Elboni e Gabriel Dearo se encontraram para uma conversa sobre a importância do canal youtube nos dias de hoje e como essa plataforma vem transformando a vida de jornalistas, publicitários e outros profissionais. “Eu comecei a fazer vídeos para o youtube como um hobby, só pra me divertir, mas com o crescimento do canal eu percebi que poderia me dedicar mais e fazer disso minha profissão”, contou Gabriel.

Com experiências profissionais na TV, Frederico Elboni começou na internet através de um blog e, assim que percebeu o potencial da internet, resolveu criar seu canal. “Logo nos primeiros vídeos eu me assustei com a repercussão e com os comentários das pessoas, mas criei coragem e dei sequência ao projeto”, revelou. “O youtube é uma oportunidade de conversar com o público e ser independente, realizando os projetos que eu quero”, disse.

Para os youtubers, o crescimento dos conteúdos na internet é importante e deve continuar, porém sempre vai existir espaço para as mídias tradicionais. “Na internet você tem mais liberdade e variedade de conteúdo, além de poder assistir o que você quiser – na hora que quiser”, comentou Gabriel. “Com a internet não ficamos mais reféns da TV para ter informação, mas acho que todas as mídias se agregam e têm seu público”, concluiu Frederico.

Booktubers

Já no auditório Sesc, o encontro foi entre as booktubers Tatiana Feltrin e Gabriela Pedrão, que produzem vídeos com comentários e indicações de livros. Durante a conversa, as convidadas compartilharam experiências e comentaram um pouco sobre suas trajetórias no youtube e também sobre o cenário da literatura.

Falando sobre a rotina, Tatiana revelou que está sempre com um livro por perto para aproveitar o tempo livre para ler. “No trajeto até o trabalho, num consultório médico, numa fila de banco. É nesses momentos que eu consigo me dedicar à leitura e ter uma base para produzir os vídeos”, contou.

Além dos vídeos sobre livros de sucesso, Tatiana também reserva um espaço em seu canal para trabalhar com a divulgação de escritores que publicaram obras de forma independente. “Há muita coisa boa sendo produzida e que precisa chegar até os leitores”, apontou ela.

Segundo Gabriela, os booktubers devem se preocupar em diversificar seu conteúdo e apresentar trabalhos que não possuem um grande apelo na mídia. “Quando comecei meu canal, determinei como um objetivo trazer no meu espaço livros diferentes e que muitas vezes as pessoas não conhecem, principalmente de gêneros um pouco marginalizados como ficção e fantasia”, afirmou.

Ao final da atividade, as participantes aproveitaram o espaço do Sesc para ter contato com o público presente, respondendo a perguntas e conversaram sobre outros assuntos.

17ª Feira Nacional do Livro
Realizada pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão, a 17ª Feira Nacional do Livro acontece de 4 a 11 de junho, em Ribeirão Preto. Durante oito dias, mais de 130 autores estão participando em 13 espaços simultâneos da feira. Reconhecida como um dos principais eventos nacionais de literatura, o tema deste ano é “Do conhecimento que liberta ao amor que educa – o livro na escola” com expectativa de atrair mais de 200 mil participantes durante os oito dias de evento e ser palco para um amplo debate sobre o papel do livro na educação.

Neste ano, a feira promete muitas novidades em ampla programação, possibilitada pela força conjunta das grandes parcerias como com o Sesc, Sesi, Senac, Universidades, Diretoria de Ensino e entidades locais, além do apoio de empresas e organizações e da valorização cultural, o que consagra a grandiosidade do evento.

Como em todos os anos, a 17ª edição do evento presta homenagem a um país – e o escolhido foi Portugal, berço da Língua Portuguesa; o escritor principal é Fernando Pessoa – ícone da literatura portuguesa; autor educação escolhido é César Nunes; autor infantojuvenil é Ricardo Azevedo; autor local Rosa Maria de Britto Cosenza; patrono, o empresário e fundador do Sistema Coc, Chaim Zaher. Neste ano, há uma novidade: a modalidade de professor homenageado e o nome indicado é o de Maris Ester de Souza – professora da rede de ensino local.

Deixe uma resposta