14062017luis-congresso-forca-sindical

Químicos mantêm representatividade na Força Sindical

O Setor Químico terá ampla participação na nova direção executiva nacional da Força Sindical

Redação

A Força Sindical encerrou hoje seu 8º Congresso Nacional, na Praia Grande SP. O encontro, que durou 3 dias, aprovou o novo estatuto da entidade e elegeu a direção nacional da Central, reconduzindo o companheiro Paulinho à presidência.

Ao término do Congresso, foi também consagrada a Carta da Praia Grande, em que as lideranças sindicais defendem relações dignas de trabalho, uma sociedade justa e desenvolvimento sustentável e produtivo do Brasil. O presidente da Fequimfar, Sergio Luiz Leite, o Serginho, foi reeleito 1° secretário da Central.

“Agradecemos a toda a delegação química presente no 8º Congresso, que contribuiu com debates bem qualificados nos Grupos de Trabalho, reafirmando nossa representatividade de luta e ação dentro da Força Sindical. Neste momento, frente às perspectivas de mudanças na estrutura sindical, reconhecemos a importância do movimento sindical se reinventar, buscando alternativas para o fortalecimento da Central e entidades filiadas, e na defesa dos direitos trabalhistas, sociais e previdenciários”, afirmou Serginho.

O secretário geral da Fequimfar e presidente do Sindicato dos Químicos de  Bauru, Edson Dias Bicalho, também foi reconduzido ao cargo de 2º Secretário de Relações Internacionais.

“Reiteramos a importância que teve a participação dos delegados dos segmentos químicos, plástico, farmacêutico, etanol, instrumentos musicais e brinquedos de todo o país para a construção de propostas que reforçam a luta contra a flexibilização dos direitos trabalhistas”, diz Bicalho.

Jurandir Pedro de Souza, diretor financeiro da Fequimfar e presidente do Sindicato dos Químicos de  Itapetininga, declara: “Nossas próximas ações vão manter a unidade de luta para garantir direitos e ampliar nossas conquistas e contra projetos e reformas que retiram direitos”.

Representatividade

O Setor Químico terá ampla participação na nova direção executiva nacional da Força Sindical. Entre os dirigentes eleitos, estão:

SERGIO LUIZ LEITE (FEQUIMFAR) – 1º Secretário
HEBERT PASSOS FILHO (Químicos da Baixada Santista) – Vice-Presidente
ISAAC WALACE DE OLIVEIRA (Federação dos Químicos do RJ) – Vice-Presidente
EDSON DIAS BICALHO (FEQUIMFAR e Químicos de Bauru) – 2º Secretário de Relações Internacionais
LUCIANO MARTINS LOURENCO (Químicos da Baixada Santista) – 3º Secretária de Relações Sindicais
CARLOS LUIS CASSIANO (Federação dos Químicos de MG) – 3º Secretário de Formação Sindical
JOÃO DONIZETI SCABOLI (FEQUIMFAR) – 1º Secretário de Saúde e Segurança do Trabalho
MARIA AUXILIADORA SANTOS (STI Instrumentos Musicais e Brinquedos) – Secretária de Políticas Mulher
ELIZABETH SOARES DE MELO (Químicos de BH) – 2ª Secretária Pol. Criança Adolescente
MARIA NALVA VIEIRA (Químicos de Jaguariúna) – 4ª Secretária de Qualificação Profissional
MARIA DAS GRAÇAS CARRICONDE (Químicos de Uberaba) – Secretária Meio Ambiente
LAURA DE FÁTIMA (Químicos de Itapetininga) – 5ª Secretária Cultura e Memória
NELSON AGOSTINHO DE OLIVEIRA (Químicos de Guarulhos) – Secretário Portadores Deficiência
SERGIO ANTONIO GUERRA (Químicos de Belo Horizonte) – Diretor Executivo
TANIA MARIA MEDEIROS (Químicos de São Gonçalo) – Diretor Executivo
VANDEIR MESSIAS (PRESIDENTE FORÇA SINDICAL MINAS GERAIS MG) – MEMBRO NATO
DANILO PEREIRA DA SILVA (PRESIDENTE DA FORÇA SINDICAL SÃO PAULO) – MEMBRO NATO

Deixe uma resposta