12042018luisford-mustang-gt-premium-2018

Ford Mustang: Linhas arrojadas, refinamento e pura emoção, o ponto de uma lenda

A tela de 8 polegadas da central multimídia SYNC 3 domina o console central

Luís Alberto Alves/Hourpress

  • O novo Ford Mustang 2018 está mais bonito, poderoso e aerodinâmico que nunca 
  • Considerado o melhor de todos os tempos, o esportivo de sexta geração exibe um design ainda mais arrojado e imponente, que refina as proporções clássicas do cupê com frente alongada e traseira curta, desejado e admirado em todo o mundo

O novo Ford Mustang 2018 está mais bonito, poderoso e aerodinâmico que nunca. Considerado o melhor de todos os tempos, o esportivo de sexta geração exibe um design ainda mais arrojado e imponente, que refina as proporções clássicas do cupê com frente alongada e traseira curta, desejado e admirado em todo o mundo.

“O Mustang é um carro que atrai a atenção por onde passa e tem o dom de despertar emoções. Mais que um esportivo, ele é um ícone”, diz Fernando Pfeiffer, gerente de Produto da Ford. “Ele criou uma conexão muito forte especialmente com o público jovem, apregoando o espírito de liberdade que mantém vivo até hoje. Por isso, é associado a um estilo de vida.”

Na criação da nova geração do Mustang, os designers foram buscar essa essência. O primeiro elemento de distinção é a frente. O capô baixo com saídas de ar e grade redesenhada, com ângulo negativo, formam o chamado “nariz de tubarão”, que parece pronto para morder.

O conjunto óptico com tecnologia de última geração remete a elementos do modelo pioneiro. As luzes de assinatura de três barras – simulando as “guelras” do tubarão –, assim como os faróis, faróis de neblina e piscas usam tecnologia LED, combinando requinte visual e grande eficiência luminosa.

O desenho do para-choque tem linhas mais agressivas. A grade em formato colmeia traz no centro o emblema do cavalo. O perfil com frente alongada garante mais espaço para o motor avantajado. A linha de teto com descaimento pronunciado é outro elemento do DNA do Mustang. As laterais esculpidas, com vincos marcantes, simulam movimento e velocidade.

Os 4.789 mm de comprimento, 2.081 mm de largura e peso em ordem de marcha de 1.783 kg dão ao Mustang uma presença imponente. A bitola maior na traseira e as rodas de alumínio de 19 polegadas com acabamento preto brilhante, calçadas com pneus  255/40 R19 na dianteira e 275/40 R19 na traseira, reforçam sua musculatura.  

Na traseira, as lanternas de três barras são outra assinatura do Mustang. Elas são conectadas por uma faixa preta com o distintivo redondo GT no centro – que fechava o bocal de abastecimento na primeira geração e foi mantido como elemento de design. O aerofólio na tampa do porta-malas e o para-choque largo destacam a esportividade. O escapamento duplo com quatro ponteiras cromadas sinaliza a força do motor V8.

“O Mustang tem um design minimalista e bem trabalhado, que revela cuidado na execução”, diz Pfeiffer. “A luz de aproximação nos retrovisores com a projeção do emblema do cavalo no chão é outro detalhe exclusivo.”

As novas linhas refinaram também a aerodinâmica da carroceria, que teve o coeficiente de arrasto reduzido para 0,354 Cx, aumentando a eficiência.

O requinte e a exclusividade do novo Mustang são realçados pelas 11 opções de cores: branco Ártico, preto Astúrias, vermelho Arizona, cinza Moscou, azul Creta, azul Belize, prata Dublin, vermelho Vermont, amarelo Silverstone, laranja Daytona e vermelho Bucareste.

“As cores clássicas – branco, cinza, preto e vermelho – continuam a ser as preferidas do Mustang. Mas o cliente pode escolher qualquer uma das 11 opções disponíveis”, explica Pfeiffer.

“Cockpit” sofisticado

A cabine do Mustang revela equilíbrio na proposta de alto desempenho, esportividade, luxo e conforto, combinando tecnologias avançadas com elementos clássicos e modernos de design. Seu formato de “cockpit”, assim como os botões e mostradores, são claramente inspirados na aeronáutica.

O acabamento é feito com materiais de alto padrão, como couro com costuras aparentes e alumínio, em formatos e texturas sofisticadas. A cor predominante preta, presente nas laterais, bancos, painel e teto, destaca os detalhes em prata e metal, compondo um ambiente de refinamento e precisão.

O volante de três raios, revestido em couro e com aquecimento, remete ao carro original de 1964. Além de regulagem de altura e profundidade, conta com excelente empunhadura e incorpora os comandos dos sistemas eletrônicos de assistência de direção, configuração do painel, conectividade e troca de marchas.

O painel de cor prata tem três saídas redondas de ar no centro e dois compartimentos laterais. No quadro de instrumentos, a surpreendente tela digital de 12 polegadas totalmente configurável permite fácil leitura de todas as informações do veículo. No lado do passageiro, é aplicado um emblema do Mustang.

A tela de 8 polegadas da central multimídia SYNC 3 domina o console central, que abriga também os comandos do ar-condicionado, a alavanca do câmbio automático de 10 velocidades, o freio de mão e um porta-copos duplo.

Os bancos revestidos em couro preto, com costura aparente, têm um desenho ergonômico que garante ao mesmo tempo excelente retenção e conforto tanto para condução esportiva como no uso diário, uma característica rara em veículos dessa categoria.

A traseira mais larga aumenta o espaço para os passageiros de trás e oferece também ganchos de ancoragem e fita de segurança para cadeiras de crianças. O porta-malas de 382 litros surpreende pelo espaço e funcionalidade em um carro dessa categoria. As soleiras das portas têm iluminação personalizada com o nome Mustang. É possível também escolher entre 27 cores para a iluminação interna, criando o ambiente ideal de acordo com a preferência e o estado de espírito do motorista.

Deixe uma resposta