15052018luismarvin

Visionário

Luís Alberto Alves/Hourpress

Grandes homens são visionários, não importando a posição que ocupam. É o caso do cantor Marvin Gaye, dotado de grande sensibilidade, compôs a obra prima “Mercy Mercy, Me” em 1971, rompendo a barreira imposta por sua gravadora, Motown Records, de colocar nas ruas apenas músicas água com açúcar, sem nenhum conteúdo crítico. Porém, o clipe desta canção foi algo fora do comum. Marvin Gaye antecipou em quase 50 anos, os violentos ataques que o meio ambiente iria sofrer, como poluição dos rios e mares, derrubada de florestas e o impacto destas agressões nos seres humanos.

Deixe uma resposta