fernao

Conheça a história da Alameda Fernão Cardim

Seguiu para Roma, de onde devia voltar ao Brasil, mas foi aprisionado por corsários ingleses e levado para a Inglaterra

Luís Alberto Alves/Hourpress

O padre Fernão Cardim nasceu em Viana do Alvito. Foi arcebispado de Évora em 1548. Pertenceu à Companhia de Jesus, veio para o Brasil, e aqui chegou em 9 de maio de 1583. Com o padre Cristovão de Gouveia visitou as aldeias indígenas de Ilhéus, Porto-Seguro, Pernambuco, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Vicente. Em outubro de 1585 estava na Bahia, onde exerceu o cargo de reitor do Colégio da Bahia até 1593.

Foi o confessor de Dom Francisco de Souza, governador do Brasil. Em 1598 dirigiu o Colégio do Rio de Janeiro e foi então eleito procurador. Seguiu para Roma, de onde devia voltar ao Brasil, mas foi aprisionado por corsários ingleses e levado para a Inglaterra. Em 1604, depois de resgatado, retornou ao Brasil com o cargo de provincial, que exerceu até 1609. Tornou, mais tarde, a ser reitor do Colégio da Bahia. Faleceu na aldeia do Espírito Santo, Estado da Bahia, em 27 de janeiro de 1625. Deixou valiosíssimos escritos, indispensáveis para o estudo de nossa História e principalmente da Etnografia Brasileira. A Alameda Fernão Cardim (foto) fica no Jardim Paulista, Centro Expandido.

Deixe uma resposta